Saiba como estudar Matemática do jeito certo

Fala, aluno, tudo bem?

Você sabia que 7 em cada 10 alunos do ensino médio têm nível insuficiente em Matemática? E que apenas 7,3% dos estudantes atingem níveis satisfatórios no aprendizado dessa disciplina?

Infelizmente, não há surpresa nenhuma nos resultados desses estudos. Mas, afinal, por que tantos estudantes saem do Ensino Médio sem nem ao menos saber o básico da Matemática?

O grande problema está nas lacunas do processo de ensino-aprendizagem. A Matemática é uma matéria que exige alguns pré-requisitos. Se um aluno não dominar os conceitos mais fundamentais, como as operações básicas (adição, subtração, multiplicação e divisão), ele dificilmente conseguirá aprender todo o restante do conteúdo que virá pela frente.

E para você identificar essas lacunas no seu aprendizado e resolver esse problema, só tem uma saída: fazer muitos exercícios e praticar bastante! Só assim você vai encontrar suas dificuldades e saná-las da maneira adequada.

Como estudar Matemática do jeito certo: 6 dicas simples

Não decore

Um erro fundamental que muitos alunos cometem é estudar Matemática como se fosse uma decoreba. E não é assim!

Hoje em dia, principalmente com provas como a do Enem, a Matemática tem que ser encarada como uma forma de resolver problemas do cotidiano. Ou seja, você tem que ser bom em interpretar os enunciados e em ter raciocínio lógico para agir sobre um determinado problema.

Faça (muitos) exercícios

Como comentei, o único jeito para você descobrir as suas dificuldades e superá-las é praticando. Felizmente, na internet você consegue encontrar plataformas que podem ajudar nesse processo.

Sites como a Khan Academy oferecem exercícios de diagnóstico, em que você resolve uma série de problemas e recebe um feedback dos assuntos que você precisa reforçar, direcionando seus estudos para combater seus pontos fracos.

Diversifique seus estudos

Se praticar é fundamental, também é importante prestar atenção e buscar resolver exercícios dos mais variados tipos. O Enem tem um tipo de questão que difere bastante de outros vestibulares pelo Brasil, mas, mesmo que esse seja seu principal objetivo no fim do ano, não se prenda somente a essas questões.

A melhor estratégia para os seus estudos é testar seus conhecimentos em todo o tipo de problema. Mescle os exercícios do Enem com questões de outros vestibulares; combine questões de múltipla escolha com algumas discursivas.

Ao diversificar o tipo de questão que você resolve, você consegue novamente identificar possíveis pontos fracos, mas também consegue relacionar melhor os conteúdos que você aprendeu.

Entenda suas dúvidas

Quando você for praticar, certamente vai se deparar com exercícios que não vai entender como resolver. Nesse momento, é normal que os alunos se sintam um pouco desmotivados e pulem para a próxima questão.

No entanto, é importante que você não faça isso e use toda sua racionalidade, perguntando-se: por que estou achando esse problema difícil? Qual conhecimento eu acho que está faltando dominar para matar essa questão? Quais outras maneiras eu posso tentar utilizar para resolvê-lo? Entenda suas dificuldades para tentar contorná-las e para tirar suas dúvidas com seus professores.

Saiba errar

Tenha uma coisa em mente: errar é algo fundamental para o seu processo de aprendizado. Quando você se depara com um problema matemático para resolver, conforme você erra, você aprende. Inclusive, existem estudos que comprovam os benefícios do erro para o nosso aprendizado.

Se você resolver apenas questões fáceis e acertar o tempo todo, corre o risco de você se tornar acomodado e ter a falsa sensação de que domina o conteúdo. O ideal é resolver problemas de níveis de dificuldade cada vez maiores, aos poucos, conforme você vai dominando cada assunto.

Use a internet como sua aliada

Existem diversos canais no YouTube e plataformas online, como o Matemática Rio, com videoaulas de qualidade, feitas por professores experientes. E esses conteúdos são uma verdadeira mão na roda para você aprofundar seus estudos, revisar matérias e praticar a resolução de problemas.

Aliás, vale o toque: sempre que você estiver assistindo a uma videoaula e o professor propuser a resolução de algum exercício, pause o vídeo e faça a questão por conta própria. Se você acompanhar a resolução sem ter tentado antes, você terá uma falsa sensação de que domina o conteúdo.

E não são só videoaulas que você encontra na internet: use o Google a seu favor e pesquise por listas de exercícios. Você pode buscar listas específicas para um determinado conteúdo ou resolver questões de edições passadas do Enem, por exemplo.

Leia mais: Como estudar sozinho com videoaulas e aproveitar ao máximo os recursos da internet?

É isso aí, aluno! Espero que você tenha entendido um pouco melhor como estudar Matemática do jeito certo. E se quiser ajuda para melhorar seu nível de Matemática para o Enem, para o vestibular, para o concurso ou para a faculdade, acesse o site do Matemática Rio e conheça meus planos e cursos. Espero você!


Me acompanhe nas redes sociais: curta a minha página no Facebook, me siga no Instagram, se inscreva no Youtube.

Compartilhar:

Deixe uma resposta